fbpx
Cuiabá

O que fazer em Cuiabá e arredores

O que fazer em Cuiabá, a capital mato-grossense localizada na região central do país?

A cidade é conhecida por ser porta de entrada de outros destinos, como Chapada dos Guimarães, Nobres e Pantanal.

E apesar de não ser um destino muito explorado, Cuiabá reserva alguns atrativos que valem a pena conhecer.

Com um final de semana é possível visitar os principais pontos da cidade. Tem igrejas, galerias, praças, museus, monumentos, belezas naturais e gastronomia típica.

O que fazer em Cuiabá - Sesc Casa do Artesão
Amanda no Sesc Casa do Artesão

O que fazer em Cuiabá

Independente do motivo da sua viagem, nós recomendamos que você tire pelo menos um dia para conhecer os principais pontos turísticos de Cuiabá. Você pode fazer isso assim que chegar ou antes de ir embora.

Dicas importantes:

  1. Atente-se ao clima e deixe separado uma roupa leve, pois realmente não existe inverno em Cuiabá. A temperatura média anual é de 26 ºC e facilmente ela pode chegar a 40 ºC.
  2. Fique de olho nos horários de pico, pois a cidade sofre com trânsito e ele é bem parecido com o de São Paulo.

Bom, logo abaixo nós apresentamos não só o que fazer em Cuiabá, mas dicas de onde ficar, onde comer e o que conhecer nos arredores. Aproveite e faça uma boa viagem!

O que fazer em Cuiabá - Bairro Porto
Bairro Porto

Centro Geodésico da América do Sul | Cuiabá fica localizada exatamente no centro da América do Sul e neste ponto foi erguido um obelisco de aproximadamente 20 metros de altura, todo revestido em mármore branco, que funciona como identidade da cidade. Rua Barão de Melgaço, 2902. Gratuito.

Centro Histórico | Tombado pelo Iphan – Instituto do Patrimônio histórico e Artístico Nacional, o centro é conhecido pela arquitetura de seus prédios antigos e museus. Além da caminhada pela região, se você é do tipo que curte um bom boteco, o local também é conhecido carinhosamente por Lapa Cuiabana e oferece uma grande quantidade de bons bares.

Museu do Morro da Caixa D’Água Velha | O espaço funciona na antiga caixa d’água da cidade. Inaugurada em 1882 e transformado em 2007 num museu. É um lugar diferente e interessante para visitar. A mostra fixa reúne obras diversificadas do antigo e único reservatório de água da cidade. Rua Comandante Cosa, s/n. De segunda a sexta, das 8h às 17h. De sábado e domingo, das 9h às 17h. A entrada é gratuita.

Museu do Morro da Caixa D'Água Velha
Museu do Morro da Caixa D’Água Velha

Catedral Metropolitana Basílica do Senhor Bom Jesus | Essa é a igreja mais antiga de Cuiabá e foi fundada em 1722. Em seu interior  há diversas imagens do século XVIII e conta com uma cripta onde estão enterradas autoridades locais, como o próprio fundador da cidade. Praça da República, s/n.

Museu de Arte Sacra | Fundado em 1980, o acervo do museu conta um pouco da história da religiosidade do Mato Grosso e do Brasil, com pratarias, imagens, paramentos, retábulos e mais. Rua Clovis Hugney, Praça do Seminário, 239. De quarta a domingo, das 9h às 17h. A entrada custa R$ 5.

Sesc Casa do Artesão | O casarão foi tombado pelo Patrimônio Histórico em 1983 e só ele já vale a visita. O ambiente é convidativo, extremamente bem cuidado, organizado e tem uma variedade muito grande de produtos da região para comprar e degustar. No subsolo há um acervo com trabalhos manuais indígenas e exposição de peças antigas. Além disso tem um café com quitutes, bolos e bebidas. Rua 13 de Junho, 315. De segunda a sábado, das 9h às 21h20. A entrada é gratuita.

Sesc Casa do Artesão
Sesc Casa do Artesão

Parque Mãe Bonifácia | Se a ideia é fugir do calor de Cuiabá, o jeito é ir para um parque. Com fácil acesso, banheiros, bebedouros, muita área verde, trilhas e um mirante de onde é possível ver boa parte do centro da cidade. Avenida Miguel Sutil, s/n. Diariamente, das 6h às 19h. A entrada é gratuita.

Arena Pantanal | Para torcedores e apaixonados pelo futebol, vale a pena dar uma conferida neste estádio que foi construido para sediar parte dos jogos da Copa do Mundo. Avenida Agrícola Paes de Barros, s/n. A visita ainda é grátis.

Sesc Arsenal | O Sesc Arsenal é espaçoso, tem cinema, teatro, muitas atividades culturais e um bar com música ao vivo. Além disso, todas as quintas-feiras tem uma feirinha de comidas típicas e artesanatos.  Rua 13 de Junho, s/n.

O que fazer em Cuaibá - Sesc Arsenal
Sesc Arsenal

Onde comer a comida típica cuiabana

A culinária cuiabana é bem diferente e diversificada! Para conhecer alguns dos pratos típicos, nós escolhemos e indicamos o Restaurante o Regionalíssimo.

Com uma variedade de ingredientes e sabores regionais, o restaurante tem um preço fixo e você pode comer a vontade.

Lá nós provamos deliciosos pratos, como o Revirado Cuiabano, a Maria Isabel, o Lambari, o Arroz com Pequi, a Farofa de Banana, a Paçoca de Pilão, a Ventrecha de Pacú, a Mujica de Pintado, o Vatapá, entre muitos outros.

Já deu fome né?

Avenida Manoel José de Arruda, 1899. De terça a domingo, das 11h à 14h.

Onde comer em Cuiabá - Restaurante o Regionalíssimo
Restaurante o Regionalíssimo

Hotel em Cuiabá

Depois de curtir uma semana explorando as regiões de Nobres e Chapada dos Guimarães, nosso objetivo era desfrutar do conforto e tranquilidade de um Hotel em Cuiabá.

Para isso nós escolhemos o Golden Tulip Cuiabá, que fica a apenas 1 km do Centro Histórico da cidade e tem acesso rápido para o Aeroporto Internacional Marechal Rondon. Além disso, bem pertinho tem comércios, supermercados, restaurantes, shoppings e pontos turísticos como Casa do Artesão, Sesc Arsenal, Museu do Morro da caixa d’água, Centro Geodésico da América do Sul, entre outros.

Av. Fernando Corrêa da Costa, 93 – Areão

Piscina na área externa do Golden Tulip Cuiabá
Piscina na área externa do Golden Tulip Cuiabá

Destinos próximos de Cuiabá

Chapada dos Guimarães | Destino perfeito para os amantes do ecoturismo, é rodeado por cachoeiras, mirantes, lagos, cavernas, trilhas, além dos mais de 150 km de paredões de arenito vermelho-alaranjado, marca registrada da Chapada. Fica a apenas 67 km da capital Cuiabá. Também costuma ser visitada em viagens combinadas com o Pantanal Norte e Nobres.

Nobres | Se você é fã de ecoturismo e gosta de fazer flutuações em rios cristalinos, nadar com peixes, conhecer nascentes de águas azuis e esverdeadas, você precisa conhecer a Vila de Bom Jardim no distrito de Nobres. Destino rústico, com ruas de terra, pousadas e restaurantes simples, fica a apenas 150 km de Cuiabá.

Pantanal  Norte | Lá você pode conhecer a famosa estrada de chão, a Transpantaneira. Ela tem quase 150 km de extensão, recheada de fauna, flora e belezas naturais que encantam. Essa sem dúvida é uma experiência bacana e super autêntica para se fazer no Mato Grosso.

Chapada dos Guimarães
Chapada dos Guimarães

Confira as melhores ofertas de hospedagem em Cuiabá:



Booking.com

O que fazer em Cuiabá, a capital mato-grossense? Dicas para curtir a cidade, visita as igrejas, museus, monumentos, belezas naturais e gastronomia típica.
Salve essa imagem no seu Pinterest para consultar depois
Eloah Cristina
Designer & Travel Blogger. Ama vídeo-game, tecnologia, fotografia, batatas e bacon. Formada em Design de Mídia Digital, Pós Graduada em Gestão de Projetos e MBA em Marketing. Abandonou a carreira nas agências de publicidade e hoje leva a vida entre sua verdadeira vocação e seu hobby.

Deixe uma resposta



Booking.com