fbpx
Olinda

O que fazer em Olinda – Roteiro nos principais pontos turísticos

O que fazer em Olinda, a cidade vizinha da capital de Pernambuco?

Localizada a apenas 6 km de Recife, é um destino popularmente conhecido e muito frequentado na época do Carnaval. Mas Olinda também reserva um conjunto de preciosidades que podem ser visitados durante o ano todo.

São diversas igrejas barrocas, capelinhas, conventos, mosteiros, ateliês de artes, ladeiras com casinhas de fachadas coloridas, mirantes e um centro histórico considerado um dos mais bem preservados das cidades coloniais do Brasil.

Inclusive o centro histórico de Olinda, erguido por portugueses em 1535, faz parte do Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade.

Aqui, nós vamos apresentar não só o que fazer em Olinda, mas também opções de onde ficar, como chegar, entre outras dicas.

Confira as ofertas de hospedagens em Olinda

Mirante de Olinda
Mirante de Olinda

Como chegar

Para chegar em Olinda primeiro você precisa desembarcar no aeroporto Internacional do Recife. A distância do aeroporto até Olinda é de cerca de 10 km e lá você tem inúmeras possibilidades. Dá para ir de trem, alugar um carro, optar pelo táxi ou pelo Uber.

O trem sai da estação do Aeroporto e vai até a estação de Recife. Lá em Recife é necessário pegar um Táxi ou um Uber até Olinda.

Já o aluguel do carro pode ser uma boa opção, principalmente se você ainda vai conhecer outras cidades. Nós recomendamos os serviços da Rentcars, pois lá é possível avaliar as locadoras e os melhores preços.

Caso você escolha o táxi saindo direto do aeroporto você vai gastar de R$50 a R$60 e indo de Uber algo em torno de R$40 a R$55.

Veja mais detalhes de como ir de Recife para Olinda aqui.

Visita no atelier de arte
Visita no atelier de arte



Booking.com

O que fazer em Olinda

O turismo em Olinda tem todo um charme e caminhar pela cidade já é um passeio imperdível.

O centro histórico de Olinda é cercado de muitas histórias, ladeiras, igrejas, capelas, feirinhas, mirantes, comidinhas, artesanatos, além da arquitetura colorida e construções feitas com pedras e arenitos dos arrecifes.

Inclusive, Olinda foi intitulada em 2005, como a primeira capital brasileira da cultura.

Além disso não podemos esquecer do Carnaval em Olinda. Um dos mais famosos e concorridos do Brasil. A cidade fica ainda mais coloridas, com bonecos gigantes espalhados pelas ladeiras, muito frevo, samba e maracatu.

Conheça a Focca - Faculdade de Olinda
Conheça a Focca – Faculdade de Olinda

O que fazer em Olinda – Olinda Aventura

Para quem não pode ou não quer subir e descer todas as ladeiras, mas ainda assim não abre mão de aproveitar os passeios, é possível contratar os serviços da Olinda Aventura.

Este serviço tem veículos para até 12 passageiros. Ele percorre 9 km visitando os principais pontos turísticos de Olinda, custa R$25, funciona das 9h às 18h, de domingo a domingo.

O trajeto do Olinda Aventura contempla o Bonfim, Quatro Cantos, Mercado da Ribeira, Mosteiro de São Bento, Mercado Eufrásio Barbosa, Igreja de São Pedro, Largo do Amparo, Ladeira da Misericórdia, Alto da Sé, Convento de São Francisco e Fortim.

Olinda Aventura - Receptivo & Tour
Olinda Aventura – Receptivo & Tour

O que fazer em Olinda – Mosteiro de São Bento

O Mosteiro de São Bento fica na Rua São Bento e é considerado um dos mais ricos da cidade.

Todo em estilo barroco, tem colunas de arenito e um altar rico com paredes trabalhadas em madeira de cedro talhado, coberto com folhas de ouro de um extremo ao outro.

Inclusive, em 2002, o altar de ouro foi desmontando e enviado para o Museu Guggenheim, em Nova Iorque, para participar de uma exposição sobre arte brasileira.

A Igreja foi datada em 1761 e fica ao lado do Mosteiro de São Bento concluído em 1599.

Lá existem alguns guias locais que contam toda a história do Mosteiro. Eles não cobram um valor fixo e você pode contribuir com o valor que desejar. Vale a pena!

Aproveite também o guia e peça para ele te levar até os monges para comprar lembrancinhas. É muito mais barato que na loja ao lado e já vem benzido.

Mosteiro de São Bento
Mosteiro de São Bento

Igreja de São Salvador do Mundo

Infelizmente a Igreja de São Salvador do Mundo estava fechada durante nossa visita e nós só conhecemos ela pelo lado de fora.

Fica localizada em um dos pontos mais altos da cidade, no Alto da Sé. E justamente por isso ela é popularmente conhecida como Igreja da Sé.

Foi construída pelos colonizadores portugueses, em 1537 e é a igreja matriz de Olinda.

O que fazer em Olinda - Igreja de São Salvador do Mundo
O que fazer em Olinda – Igreja de São Salvador do Mundo

Observatório

Ali pertinho da Igreja da Sé nós conhecemos o observatório astronômico de Olinda.

Ele foi construído no século XIX, por conta da descoberta de um comenta, feita pelo astrônomo francês Emmanuel Liaisem em 1860.

Tem formato de cilindro, com estilo neoclássico e aproximadamente 6.000 m² de área.

O que fazer em Olinda - Observatório
O que fazer em Olinda – Observatório

Casa dos Bonecos Gigantes

Como nós já havíamos visitado a Embaixada de Pernambuco, optamos por não entrar na Casa dos Bonecos Gigantes de Olinda. Mas vale a pena conhecer um ou outro.

A diferença entre eles são apenas os personagens expostos. Lá é possível contemplar um pouco do que acontece durante o Carnaval de Olinda e Recife.

O ingresso custa R$ 15 por pessoa e crianças de até 12 anos acompanhadas pelos pais não pagam.

Mais informações: www.bonecosgigantesdeolinda.com.br

Casa dos Bonecos Gigantes
Casa dos Bonecos Gigantes

Mirantes Alto da Sé

Do Alto da Sé é possível apreciar todo mar de Olinda e Recife, com seus lindos tons de azul turquesa e esverdeado.

Lá também é um ótimo lugar para contemplar um belo pôr-do-sol. Vale a pena.

O que fazer em Olinda - Mirantes
O que fazer em Olinda – Mirantes

Casa Alceu Valença

A Casa Alceu Valença é um dos pontos turísticos de Olinda. Ela fica fechada praticamente o ano todo, mas durante o carnaval, o artista vai para a cidade e canta alguns de seus sucessos na varanda.

Casa Alceu Valença
Casa Alceu Valença

Convento de São Francisco

Construído em 1585, em estilo barroco, é o mais antigo convento franciscano do Brasil. Dentro há um acervo de azulejos portugueses do século XVIII.

Vale a visita!

Convento de São Francisco
Convento de São Francisco

Pousadas em Olinda

É no centro histórico de Olinda que estão as principais opções de hospedagem e em sua grande maioria, instaladas em charmosos casarões coloniais.

Embora boa parte das pessoas optem pelo bate e volta para Olinda, é possível ficar muito bem acomodado na cidade.

Entre as pousadas mais indicadas de Olinda, nós selecionamos a Casa Viva – Amparo B&B (★ 9.2), Irradiante (★ 9.1), Pousada Flor de Olinda (★ 8.7), Cama e Café Olinda (★ 9.8), Pousada dos Quatro Cantos (★ 8.9), Pousada do Amparo (★ 8.0).

E por último, o único Hotel do centro histórico de Olinda, o Hotel 7 Colinas (★ 8.9).

– Veja outras opções de hospedagem em Olinda

O que fazer em Olinda - Pousada do Amparo
Foto © Pousada do Amparo
O que fazer em Olinda – Roteiro nos principais pontos turísticos
Salve essa imagem no seu Pinterest para consultar depois
Eloah Cristina
Designer & Travel Blogger. Ama vídeo-game, tecnologia, fotografia, batatas e bacon. Formada em Design de Mídia Digital, Pós Graduada em Gestão de Projetos e MBA em Marketing. Abandonou a carreira nas agências de publicidade e hoje leva a vida entre sua verdadeira vocação e seu hobby.

6 Comentários

Deixe uma resposta

Faça sua Reserva pelo Booking.com