Solo Sagrado de São Paulo

Longe de tudo, no extremo da região sul da cidade, encontramos uma área imensa de Mata Atlântica preservada. Esse lugar é o Solo Sagrado do Guarapiranga, a estrela de mais um post do nosso Especial de São Paulo.

o Com mais de 300 m², é o maior espaço para apreciar a natureza e praticar meditação aqui no Brasil. A ideia dos solos sagrados foi concebida há muitos anos no Japão por Mokiti Okada.

Em São Paulo a ideia nasceu em 1995 no bairro do Guarapiranga. A vista é esplêndida. De um lado você se encanta com os jardins e seus diversos tons. De outro, você admira as águas da Represa do Guarapiranga.

Solo Sagrado de São Paulo

Solo Sagrado de São Paulo

Solo Sagrado de São Paulo

E porque devo conhecer o Solo Sagrado?

O que realmente chama atenção de todos os turistas é o grandioso templo formado por um anel em seu topo. Sustentado por 16 pilares de 18 metros de altura, eles representam todas as direções do mundo. Já no meio do arco a torre tem 71 metros de altura e tem como objetivo captar as energias cósmicas. Há bastante filosofia por lá.

Solo Sagrado de São Paulo

Solo Sagrado de São Paulo

Este é um lugar para passar o dia. É possível fazer piquenique em seus mais de 20 mil metros de gramado, com as mais variadas árvores e muita sombra para um cochilo. Se preferir, também tem duas praças de alimentação.

Se você tiver sorte, vai encontrar diversos animais silvestres soltos. Eu vi alguns quatis, tatus e preguiças. Muitas pessoas já chegaram a ver corujas, macacos e esquilos. Você realmente entra em contato com a natureza. Não fique triste se não vir nenhum destes animaizinhos, você ainda tem a oportunidade de ir até o lago para ver uma variedade de peixes.

Solo Sagrado de São Paulo

Solo Sagrado de São Paulo

Quer dicas de Passeios em São Paulo?

Deixe seu comentário