CityPass é prático e bem econômico

0

Na semana passada eu e a Eloah fomos convidadas a participar do evento San Francisco Travel pelo Viaja, Bi! Lá conhecemos a Annie Allen que é a diretora de vendas e marketing de turismo da CityPass, que nos contou com muito entusiasmo como funciona o Citypass e também como eles amam receber os brasileiros.

Coincidentemente recebemos este relato de uma brasileira que foi para San Francisco e usou e abusou do serviço CityPass. Espero que gostem e quando forem a San Francisco lembrem-se deste post. =)

CityPass é prático e bem econômico

Fui fazer um programa de imersão de inglês nos Estados Unidos e resolvi dar uma esticada até San Francisco com uns colegas. A cidade é sensacional. Foi inesquecível e ainda ganhei tempo evitando filas e conseguindo descontos com o CityPass.

Para quem nunca ouviu falar, o CityPass é um carnê que tem ingressos para as atrações turísticas mais conhecidas da cidade. E como você faz a compra conjunta, eles dão um bom desconto. Assim, você consegue visitá-las sem ter que entrar na fila para comprar os bilhetes na hora e evita perda de tempo. E o prazo para usar é bom. Quando o primeiro bilhete é gasto, tem mais nove dias para “queimar” os outros antes que expirem. Eu acho que é um tempo bem razoável.

Mas o que eu achei o melhor de tudo foi a possibilidade de usar, por uma semana inteira, o sistema de transporte público para fazer passeios em San Francisco. Dá para utilizar, sem limites, os bondes, que eles chamam de cable cars, os bondes históricos, a famosa linha F, e as rotas do Muni, que cobrem praticamente toda a cidade e operam todos os dias do ano.

CityPass San Francisco

O CityPass para adulto custa US$ 94 e cobre o preço do transporte mais um passeio na Academia de Ciências da Califórnia e um cruzeiro na Blue & Gold Fleet. As duas outras atrações são opcionais. A primeira escolha é entre um tíquete para o Aquário da Baía de San Francisco ou da Baía de Monterrey e segunda opção deve ser feita entre o Exploratorium e o Young Museum. Tem ainda a possibilidade de trocar o Blue & Gold Fleet por uma visita na sinistra prisão de Alcatraz.

Mas, voltando à questão do preço: eles dizem que se você pagar o valor normal da bilheteria, tudo custaria quase US$ 168. Ou seja, dá para economizar de cara US$ 74. Eu certamente ganhei muito mais porque usei pra valer os bondes. San Francisco é linda, mas não dá para ficar encarando aquelas ladeiras… A passagem no bonde elétrico custa U$ 6, no Muni, US$ 2.25. Perdi a conta de quantas vezes usei. Economizei para valer.

E olha que eu até gastei um pouquinho mais para receber o CityPass via entrega da UPS. Nos EUA, eles entregam o carnê em 24h. Para o Brasil, ainda não há esse serviço. Você recebe o voucher por e-mail e troca em um dos postos autorizados. Fica até mais barato.
Quando eu voltar para San Francisco ou for para outras cidades dos EUA que oferecem o mesmo serviço certamente vou usar novamente o CityPass. É bem econômico e muito prático!

publipost

Deixei uma resposta

Escreva um comentário
Seu nome