Ilha do Campeche em Florianópolis

A primeira coisa que vi ao chegar na Praia do Campeche em Florianópolis foi a Ilha do Campeche! Imediatamente queria saber como podíamos visitá-la e não deu outra, lá fomos nós. Só posso dizer que o lugar é incrivelmente maravilhoso.

A ilha é totalmente isolada e para chegar só é possível de barco. Chegando lá, além de curtir a praia, você pode entrar no meio da vegetação através de trilhas, porém deve estar acompanhando de um guia local. Para comer, só existem 2 restaurantes e na baixa temporada pode ser que você encontre um deles fechado ou ambos.

Nossa visita na Ilha do Campeche aconteceu no mês de Abril (baixa temporada), então a ilha era praticamente nossa.

Ilha do Campeche em Florianópolis

Para chegar na ilha existem 3 opções e para escolher a melhor vai depender muito do seu ponto de partida. Nós estávamos hospedadas na Praia do Campeche, então saímos por essa via.

A travessia pela Praia do Campeche é bem rápida, durou cerca de 5 minutos em um bote motorizado. Nós pagamos o valor de R$60,00 por pessoa. Os botes costumam sair por volta das 10 h e retornam por volta das 15 h. Não é difícil de achar, eles estão sempre anunciando a saída na beira do mar da praia do Campeche, e logo você vai perceber um monte de gente se tumultuando. Como o número de visitantes na ilha é limitado, tente chegar cedo para não perder sua vaga.

Outra opção é ir pela Praia da Armação. A travessia é realizada com um barco, um pouco mais longa, levando cerca de 40 minutos. A saída dos barcos iniciam a partir das 8hs e vão até as 14h.

E por fim, você também pode partir pela Barra da Lagoa. Aqui a viagem é longa, demora cerca de 1h30 e também é uma das opções mais caras.

Ilha do Campeche em Florianópolis

O que fazer na Ilha do Campeche

A Ilha do Campeche é excelente para passar o dia, fazer mergulho, snorkel, curtir o dia com os amigos e a família. A areia é incrivelmente fina e clara. O mar varia entre o verde e o azul e quase não tem onda. As crianças aproveitam e fazem uma festa danada.

Por ser um território rico em seu ecossistema é considerado patrimônio arqueológico do Estado de Santa Catarina. A diversidade do território conta com histórias de índios, açorianos, pescadores de baleia, caçadores e tudo isso transformou a ilha em um dos ponto turísticos mais bonitos da cidade.

Ilha do Campeche em Florianópolis

Para quem gosta é possível fazer trilha monitorada dentre as cinco opções que variam em tempo (de 40 minutos a 2 horas) e valor (de R$10 a R$25).

Único ponto negativo é a alimentação. Só tem dois restaurantes e quando visitamos apenas um estava aberto. O pagamento é só no dinheiro e não existe muitas opções do que comer. Notamos que muitas pessoas levam seus lanches e fazem piqueniques.

Ilha do Campeche em Florianópolis

– Reserve sua hospedagem em Florianópolis

Deixe seu comentário