Ilhabela – Como chegar, Quando ir, Onde Ficar e O que fazer

0

Ilhabela fica no litoral norte e é uma das ilhas mais bonitas do estado de São Paulo. Para vocês terem uma ideia, alguns até consideram ela como a Fernando de Noronha dos paulistas.

Hoje vamos compartilhar com vocês o que muitos ainda não sabem ou dicas que você precisa saber antes de cair na estrada: Ilhabela – Como chegar, Quando ir, Onde Ficar e O que fazer.

Vou começar dizendo que Ilhabela é considerada a maior ilha marítima do Brasil, tem 130 km de costa, conta com mais de 300 cachoeiras e mais de 40 praias. Além de tudo isso, 84% de sua área é tombada e preservada pelo Parque Estadual de Ilhabela.

Passeio de Escuna pelas Praias Paradisíacas de Ilhabela
Passeio de Escuna pelas Praias Paradisíacas de Ilhabela

Como chegar em Ilhabela

Para chegar em Ilhabela é muito simples. As duas principais opções são: carro ou ônibus até São Sebastião, onde o trajeto é finalizado com a travessia de balsa.

Ilhabela está próximo do litoral norte de São Paulo (São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba). E também das cidades de Paraty, Angra dos Reis e Ilha Grande no Rio de Janeiro. Partindo de São Paulo, são 210 km de distância, já do Rio de Janeiro a distância é de 440 km.

De carro até Ilhabela

Saindo de São Paulo, existem três rotas disponíveis:

  1. São Paulo > São José dos Campos > Caraguatatuba > São Sebastião > Ilhabela
  2. São Paulo > Mogi das Cruzes > Bertioga > São Sebastião > Ilhabela
  3. São Paulo > Baixada Santista > Cubatão > São Sebastião > Ilhabela

Como nós moramos próximo da Imigrantes e da Anchieta, o melhor caminho pra gente é a terceira opção indicada acima. Acessando qualquer uma das duas rodovias você chega na Baixada Santista. Lá é só acessar a Rodovia Piaçaguera-Guarujá e depois a Rodovia Rio-Santos.

Para quem gosta de curtir a vista, este é o melhor caminho na minha opinião. Durante todo o trajeto apreciamos o litoral norte de São Paulo, sem contar os diversos mirantes que a serra proporciona.

Neste percurso o trajeto dura aproximadamente 3 horas até São Sebastião, como nós paramos para comer um lanche, acabamos levando um pouco mais que isso.

Para quem optar pela primeira opção de trajeto indicado acima, deverá acessar as Rodovias Ayrton Senna, Carvalho Pinto, Presidente Dutra e Tamoios. Já para a segunda opção você vai basicamente acessar a Rodovia Mogi-Bertioga e a Rodovia Rio-Santos.

Passeio de Escuna em Ilhabela
Passeio de Escuna em Ilhabela

De ônibus até Ilhabela

De São Paulo a melhor opção é ir até a Rodoviária Tietê. No site do Litorânea existem diversas opções de valores e horários. As saídas começam a partir das 6:00 e o último ônibus parte as 21:30. Os valores estão entre R$ 63.31 a  R$ 66.81.

De qualquer maneira, vale a pena dar uma conferida antes da viagem ou até mesmo comprar antecipadamente a passagem no site deles.

De balsa até Ilhabela

Vindo de carro, de ônibus ou qualquer outra maneira que eu não tenha citado acima, seu destino final será São Sebastião. É de lá que você fará a travessia de 2 km com uma balsa.

A balsa faz a travessia de pedestres, carros e ônibus (locais). Leva em torno de 20 minutos e a cada 30 minutos tem uma nova saída entre 5:30 às 23:30, após este horário as saídas passam ser a cada 1 hora.

A dica é: compre antecipadamente sua travessia e evite ficar na fila da balsa. Nós chegamos em plena terça-feira, fora de temporada, por volta das 15h e só conseguimos chegar em Ilhabela depois das 17hs. Foram 2 horas de espera na fila. Clique aqui para consultar os valores e fazer seu agendamento online.

O custo da travessia para carros é de R$17,80 em dias normais e no finais de semana e feriados é R$26,70. Pedestres e bicicletas não pagam. Para carros equipados com Sem Parar, não precisa se preocupar com pagamento em dinheiro e nem trocados.

Praia da Fome em Ilhabela
Praia da Fome em Ilhabela

Quando ir para Ilhabela

Eu indico os meses de Outubro e Novembro para conhecer Ilhabela. São meses pouco badalados, com bastante sol e pouca chuva. Voltamos de lá agora em Outubro e aproveitamos lindos dias de sol e noites gostosas de chuva para dormir e descansar.

Quem pretende ir no verão, feriados, férias de Dezembro e Janeiro é bom ir preparado. A ilha fica com 5 vezes mais o número de sua ocupação, o transito piora, a fila da balsa fica enorme e as tarifas sobem lá pra cima.

Quem prefere meses mais tranquilos o ideal é ir na baixa temporada, no inverno, entre os meses de junho a setembro. Não digo que você vai aproveitar as praias, mas a cidade conta com outros atrativos bacanas, sem contar nos festivais que movimentam a ilha durante o ano inteiro.

Amanda e Eloah em Ilhabela - SP
Amanda e Eloah

Onde Ficar em Ilhabela

Ilhabela conta com diversas opções de hospedagem. Tem hotéis, pousadas, campings, hostels e até os famosos Guesthouses.

Além de escolher o tipo de hospedagem, é importante saber a localização que você deseja ficar. Pode ser no centro histórico, no norte da ilha ou no sul da ilha. Na alta temporada se você puder ficar o mais próximo da praia é o ideal. Assim você não dependerá muito do carro e não enfrentará horas de transito. Já na baixa temporada é mais tranquilo ficar um pouco afastado.

Nós ficamos na Guesthouse Casa 658 localizado no alto do Morro Santa Tereza, pertinho do centro da Vila. Super recomendamos.

– Veja outras opções de hospedagem em Ilhabela

Guesthouse Casa 658 em Ilhabela
Guesthouse Casa 658 em Ilhabela

O que fazer em Ilhabela

Em Ilhabela existem passeios para os mais diversos gostos. Além das praias, você pode conhecer cachoeiras, fazer mergulho, caminhar pelas diversas trilhas, fazer passeios de barco ou até mesmo de Jeep.

Nós ficamos 4 dias em Ilhabela e aproveitamos o máximo das praias, afinal, estava um sol incrível. Vou contar para vocês um pouco do nosso roteiro e indicar outras sugestões de passeios para dias não tão quentes como os nossos.

Roteiro de Viagem – Dia a Dia em Ilhabela

  • Dia 1 – Chegada em Ilhabela
  • Dia 2 – Praias Paradisíacas: Passeio de Escuna
  • Dia 3 – Praia de Castelhanos: Passeio de Jipe Off Road
  • Dia 4 – Retorno São Paulo
Escuna Davinci em Ilhabela
Escuna Davinci em Ilhabela

O que fazer em Ilhabela – Praias Paradisíacas: Passeio de Escuna

Adorei conhecer a costa de Ilhabela com o passeio de escuna. Foi uma ótima forma de ter o meu primeiro contato com esse charmoso destino. Durante o trajeto, a visão panorâmica me deixou de queixos caídos. Um destino tão próximo de São Paulo, tão belo e que eu ainda não conhecia.

Nós fizemos o passeio com a Maremar Turismo na Escuna Da Vinci. A primeira parada foi na Praia da Fome e levamos cerca de 1 hora para chegar lá. Quando chegamos, o desembarque foi realizado com uma pequena lancha. Aos poucos eles vão levando todos os tripulantes até a beira mar da praia. Quem souber nadar, é só pular e chegar nadando.

Travessia de lancha até a Praia da Fome
Travessia de lancha

A Praia da Fome tem só 150 metros, mas são incríveis. De ponta a ponta. O acesso é somente por via marítima, então escolher o passeio de escuna foi uma ótima opção para conhecer esse cantinho de Ilhabela.

Na Praia da Fome existe apenas uma barraca que vende algumas bebidas e porções. O preço não é dos mais baratos, mas como é o único do local, não existem outras opções. Aqui nós tomamos apenas uma cerveja e curtimos bastante do mar que estava delicioso.

Eloah e Amanda na Praia da Fome - Ilhabela
Eloah e Amanda na Praia da Fome

A segunda parada foi na Praia do Jabaquara, com 300 metros de extensão e dois riachos de água doce em seu meio. O procedimento de desembarque é realizado da mesma maneira que na Praia da Fome.

Aqui nós aproveitamos para beliscar e comer alguma coisa. Tem restaurante com refeições e uma barraca com lanches e porções. Nós optamos pelo pastel e estava uma delícia. Comparado a Praia da Fome, aqui é a melhor opção para comer, principalmente no quesito preços.

Por volta das 17:30 retornamos.

Praia do Jabaquara em Ilhabela
Chegando na Praia do Jabaquara

O que fazer em Ilhabela – Praia de Castelhanos: Passeio de Jipe Off Road

No dia seguinte optamos pelo passeio de Jipe Off Road até a Praia de Castelhanos. Foram 22 km percorridos dentro do Parque Estadual de Ilhabela, com direito a conhecer cascatas, cachoeiras, mirantes e por fim a Praia de Castelhanos.

A Praia de Castelhanos conta com infraestrutura completa, com restaurantes, banheiros, cadeiras e guarda-sol. O único detalhe é: a única forma de pagamento é em dinheiro, pois lá não chega nenhum sinal de celular.

Quem quiser conhecer a Cachoeira do Gato com 70 metros de queda, fica a 40 minutos de trilha da Praia de Castelhanos. Para percorrer o trajeto, é obrigatório o uso de tênis. Nós não fizemos a trilha e ficamos só curtindo a praia.

No retorno ainda fizemos uma paradinha no Museu dos Naufrágios.

Praia de Castelhanos: Passeio de Jipe Off Road
Praia de Castelhanos
Praia de Castelhanos: Passeio de Jipe Off Road
Passeio de Jipe Off Road em Ilhabela

Outras atividades recomendadas fazer em Ilhabela:

  • Mergulho no Santuário Marinho
  • Trilha para o Bonete
  • Trilha para o Baepi
  • Passeio na Vila Histórica
  • Conhecer as Cachoeiras
  • Curtir as Praias do Sul e do Norte da Ilha
  • Visitar o Museu Náutico
  • Praticar esportes como kitesurf, vela, surf, canoagem, windsurf ou stand up paddle
  • Atravessar a Ilha de bike
  • Fazer snorkel na Ilha das Cabras, Julião e Portinho
  • Tour de Jipe
  • Passeio de Buggy
Passeio de Escuna - Ilhabela, SP
Passeio de Escuna

Agora e se estiver chovendo? O que dá para fazer em Ilhabela?

Bom, como nós pegamos apenas dias lindos e ensolarados, não sou a melhor pessoa para indicar o que fazer em Ilhabela com chuva.

De qualquer maneira, as meninas do Blog Estrangeira, publicaram recentemente uma matéria bem bacana com diversas sugestões de passeios e pontos turísticos para conhecer em Ilhabela nos dias chuvosos.

Leitura sugerida: O que fazer em Ilhabela com chuva?

Orla de Ilhabela - SP
Orla de Ilhabela
Eloah na Orla de Ilhabela
Eloah na Orla de Ilhabela

Como evitar os borrachudos em Ilhabela?

Antes de cair na estrada, indico que você comece a tomar com pelo menos 10 dias antes da viagem a vitamina complexo B. Caso você esqueça, como nós, existe um repelente muito bom chamado Exposis, que ajuda, mas não resolve 100%. Outra dica é utilizar bastante óleo de citronela.

Sempre que sair da água do mar ou da cachoeira passe mais repelente. Para quem tem alergia, é bom prestar bastante atenção, tomar o máximo de cuidado e preocupações indicadas.

Nos passeios que você retorna somente no final do dia, indico levar uma proteção como calça e tênis para evitar ainda mais as picadas. Lembrando que os borrachudos adoram morder primeiro as pernas, canelas e pés, então proteja ainda mais essas regiões.

 

Salve esse Pinterest para consultar depois

Ilhabela - Como chegar, Quando ir, Onde Ficar e O que fazer

Deixei uma resposta

Escreva um comentário
Seu nome