Nossas dicas e relatos sobre a viagem pelo Aparados da Serra, no sul do Brasil, ainda não acabaram. Hoje vamos contar como foi fazer a trilha na fenda (interior) do Cânion Malacara. Essa trilha fica localizado no estado de Santa Catarina.

Os passeios realizados pelas bordas dos cânions fazem parte do estado do Rio Grande do Sul. Enquanto os passeios realizados na parte inferior dos cânions fazem parte do estado de Santa Catarina.

Se você caiu direto neste post e não leu as outras dicas, que tal dar uma conferida como foi a nossa Trilha no Cânion da Fortaleza ou descobrir um pouco mais sobre os Cânions de São José dos Ausentes?

Trilha no interior do Cânion Malacara
Trilha no interior do Cânion Malacara

Trilha no interior do Cânion Malacara

A trilha do Cânion Malacara fica no Parque Nacional da Serra Geral. Aqui o guia credenciado é obrigatório. Além disso a trilha não pode ser realizada quando o nível da água está alto muito menos em dias de chuva.

Essa foi a primeira trilha que eu fiz com travessia de rio e foi uma aventura do inicio ao final do passeio. De nível moderado, também pode ser considerada de nível avançado para algumas pessoas. Na realidade, ela também é uma espécie de treinamento para a trilha que fizemos no último dia, temidas por muitos, a famosa Trilha do Rio do Boi.

Trilha no interior do Cânion Malacara
Travessia do Rio

Primeiros passos para a Trilha no interior do Cânion Malacara

Ao chegar, nosso guia da Rota dos Canyons, forneceu caneleiras para proteger as pernas de picadas e lesões que poderiam ser causadas pelas pedras durante o caminho. Ele também passou alguns procedimentos de segurança e dicas para não acontecer acidentes durante a trilha no Cânion Malacara:

  • Beba água sempre parado
  • Faça suas fotografias sempre parado
  • Caminhe sempre atento ao chão
  • Faça as travessias sempre em grupo e de mãos dadas
  • Não colocar suas mãos nas pedras e arvores sem antes verificar se tem aranhas ou outros insetos
  • Leve o lixo de volta mesmo os orgânicos
  • Manter-se sempre próximo ao grupo
  • O guia deve ser sempre a primeira pessoa durante todo o trajeto

Onde ficar em Santa Catarina

Trilha no interior do Cânion Malacara
Apreciando a paisagem

A Trilha no interior do Cânion Malacara

A entrada para o Cânion Malacara é estreita e já exige de você atenção e um esforço físico, mas já no momento que você entra na fenda do cânion você sente toda aquela energia pura e intocada da região. A caminhada inicia com pedras pequenas e poucas travessias pelo rio. Boa parte do começo é realizada por uma trilha fechada.

O nível de dificuldade começa a aumentar gradativamente durante o caminho, as pedras se tornam maiores, as travessias ainda mais escorregadias e o rio vai ficando ainda mais alto.

Trilha no interior do Cânion Malacara
Começos da trilha no interior do Cânion Malacara

Piscina natural no Cânion Malacara

Sempre no final da trilha tem um dos melhores presentes e lá também tinha! Uma incrível piscina natural para você mergulhar e curtir alguns minutos tranquilos. A água é mega gelada, então eu não me arrisquei muito. Já a Amanda não pensou duas vezes e ficou lá, que nem uma peixinha nadando de uma lado para o outro.

Um detalhe: para entrar na piscina natural você não pode tirar o tênis afim de evitar cortes ou leões mais sérias nos pés.

Trilha no interior do Cânion Malacara
Amanda na piscina natural do Cânion Malacara

Retorno da trilha no Cânion Malacara

A volta foi bem mais fácil para mim, mas a Amanda estava muito cansada e qualquer coisinha ela escorregava. Para evitar acidentes eu fui a última do grupo e ela na minha frente. É importante ajudar os integrantes do grupo, porque se acontecer um acidente, além da pessoa se machucar, o seu passeio pode ser prejudicado.

A trilha no Cânion Malacara leva cerca de 3 a 4 horas entre ida, volta, paradas para observação e banho na piscina natural.

Trilha no interior do Cânion Malacara
Fim da trilha do Cânion Malacara

Dicas para a trilha do Cânion Malacara:

  • Vá de tênis e saiba que ele vai molhar
  • Leve uma mochila pequena e leve
  • Um kit com lanche e água
  • Repelente
  • Protetor solar, óculos de sol e boné para dias de sol
  • Capa de chuva e corta vento para dias fechado
Trilha no interior do Cânion Malacara
Eloah e Amanda no Cânion Malacara
Trilha no interior do Cânion Malacara
Salve esse Pinterest para consultar depois

Nossa viagem foi um convite da Agência de Viagens Rota dos Canyons com apoio do Costão da Fortaleza Lodge. Nossas opiniões são pessoais e transparentes sobre nossa experiência no local.

Deixei uma resposta

Escreva um comentário
Seu nome